Vila Oliva

Futuro promissor

Em 1932, os irmãos Oliva (Francisco e Luiz) adquiriram 33.000 km² de terra, dominada por pinheiros e mata nativa, onde trabalharam na extração de madeira. Como a madeireira exigia uma grande mão de obra, atraiu diversos funcionários para o local, os quais adquiriram terrenos nas proximidades, dando origem à vila que homenageou os fundadores. Posteriormente, as terras foram divididas e vendidas aos colonos que se dedicavam à agricultura. Os irmãos também construíram a atual estrada que liga Vila Oliva a cidade.

Localizado a cerca de 40 quilômetros da sede do Município, o distrito de Vila Oliva foi anexado a Caxias do Sul em 1954, após realização de plebiscito entre seus moradores. Com foco na agricultura em geral, a localidade de 2,5 mil habitantes é atualmente a maior produtora de maçãs, beterraba e cenoura. Futuramente abrigará o Aeroporto Internacional da Serra Gaúcha, obra que no momento está em fase de elaboração do projeto executivo.

Um dos destaques do distrito é o Monumento ao Cavalo, único da América Latina, localizado junto a Fazenda Parque Turismo Vila Oliva, que desenvolve programação específica para visitantes, almoço e jantar campeiro, café de chaleira ao modo antigo, passeio a cavalo e caminhada em meio à mata nativa. O espaço também pode ser reservado para eventos e realiza sistemático trabalho junto às escolas.

O distrito realiza anualmente o Rodeio Crioulo, em novembro, e a Festa a Santo Expedito, padroeiro da localidade, em abril. Com agendamento é possível degustar e adquirir produtos em estabelecimentos agroindustriais, bem como usufruir da gastronomia típica da região.

Voltar