Monumento a Anna Rech

Monumento de Anna Maria Pauletti Rech

Espaço ao ar livre, na praça Matriz em frente à Igreja Nossa Senhora de Caravaggio, no centro de Ana Rech.

Fácil deslocamento no bairro. Linha de ônibus Ana Rech e táxi-lotação Ana Rech fazem o trajeto do centro de Caxias até o bairro. 



Homenagem à italiana Anna Maria Pauletti Rech, que deu ínicio à colonização da localidade que hoje leva seu nome, em razão de suas inumeras ações a comunidade. O momumento em bronze, esculpido por Bruno Segalla, foi construído por meio de iniciativa de uma comissão de moradores e entregue em 11 de novembro de 1977.

Anna nasceu no dia 25 de março de 1831, na localidade de Pedavena, província de Belluno, Itália. Em 1877, aos 46 anos, partiu para o Brasil com seus sete filhos (Ângelo, Teresa, Líbera, Giuseppe, Vittore, Maria Giovanna e Giovanni). Aqui começou a trabalhar com comércio e hospedagem. Também foi parteira e ficou conhecida pela generosidade e carinho que tratava os moradores. Faleceu em 16 de maio de 1916, aos 88 anos.

Em 1876 já estava viúva e em sérias dificuldades econômicas, decidindo emigrar junto com um grupo de familiares e conhecidos. Em abril de 1877, tomou posse do Lote 104 no Travessão Leopoldina, na antiga Colônia Caxias, e seu filho mais velho, Angelo, assumiu a posse de um lote contíguo, que juntos compreendiam 50 hectares.

Essas terras ficavam junto de um caminho muito utilizado por tropeiros, e percebendo as possibilidades, Anna abriu uma hospedaria junto com um pequeno comércio, e criou um potreiro bem abastecido para o descanso dos animais. Logo seu negócio se tornou conhecido e frequentado.

Ao mesmo tempo, Anna adquiria grande respeito na comunidade que ia se formando ali com a chegada de outros imigrantes. Tornou-se notória pela sua prontidão em ajudar os necessitados, doou várias frações de terra para a construção da igreja e do cemitério. Também foi parteira, enfermeira, médica prática, batizou muitos afilhados e foi uma das principais incentivadoras da devoção à Nossa Senhora de Caravaggio na comunidade. A igreja que ajudou a fundar se tornou a matriz do povoado e foi dedicada a essa devoção.era muito prestativa.

Em 1977, nas comemorações do centenário da imigração, foi inaugurada em sua homenagem uma estátua de bronze em tamanho natural, criada por Bruno Segalla. Foi instalada no centro do distrito, no largo diante da Matriz Nossa Senhora de Caravaggio.Durante a inauguração, os restos mortais da pioneira foram transladados do cemitério para o interior da Matriz. 

Em homenagem a essa importante personagem, a localidade de Ana Rech foi fundada em 26 de setembro de 1927. Além disso, em 2009 foi firmado um acordo de cidades irmãs entre Caxias do Sul e a localidade italiana de Pedavena, local onde Anna nasceu, o que permite a realização de ações de cooperação econômica entre as duas cidades. Também tramita no Senado Federal um Projeto de Lei (PL) 6306/2019 que busca tornar Anna Rech a patrona da hotelaria brasileira.

Confira vídeo de Anna Maria Pauletti Rech  do Programa Páginas

CLIQUE AQUI PARA TRAÇAR A ROTA ATÉ O LOCAL