Super Lorandi - Mercado

Supe Lorandi - Supermercado, lcom variedade de produtos, por ser distante da cidade procura atender clientes nas suas amplas necessidades.

Avenida Gaviloi, 1665 - Vila Oliva - Caxias do Sul

Horário de atendimento: de segunda a sábado 8h às 12h e 13:30 às 19h

Fone:  (54) 3202-7085

Facebook



Casarão é mais um diferencial do Supermercado Lorandi

Negócio está na terceira geração da família

Além de atrair os clientes por ter tudo que eles precisam, o Supermercado Lorandi, em Vila Oliva, tem um outro diferencial, um casarão lindo, antigo e perfeito para quem quer fazer fotos diante de um legítimo exemplar das moradias de antigamente. Todo em madeira de pinheiro e com três pavimentos e varanda, é um imóvel diferenciado, especialmente porque quanto mais alta era uma construção, maiores precisavam ser os pinheiros. E, por isso, eles tinham um valor maior.

Lilian Lorandi, da terceira geração da família que mantém o mercado, afirma que não se sabe o ano exato do casarão, mas ele é anterior ao início do negócio e acredita-se que seja do auge do ciclo da madeira em Vila Oliva. “Nosso comércio iniciou em 1945, com o meu tio-avô, Achiles Lorandi. Era um armazém, vendia fumo, cachaça, depois de um tempo passou a ter também açúcar, farinha, balas, de tudo um pouco”, conta ela. O avô dela, Luiz Lorandi, trabalhava junto e, um tempo depois, colocou o filho, Leonir Lorandi, para ajudar. Com o tempo, Luiz comprou a parte dos outros irmãos e seguiu com seus filhos. O pai de Lilian fez o mesmo com a filha e, assim, o negócio vai passando de geração em geração.

Leonir tomou à frente do negócio ainda quando o pai dele estava vivo e segue trabalhando, aos 60 anos. “Nós nos mudamos para um outro lugar em 1995 e estamos ali até hoje. Meu pai está querendo parar, então está preparando a mim e à minha irmã, Stefani”, acrescenta. A mãe delas, Meri Lorandi, também faz parte da equipe. O foco é oferecer tudo o que os clientes precisam. Se um deles procura por um produto que não tem, a equipe vai em busca e inclui no mix. Hoje, é um supermercado com muitos itens, inclusive de vestuário, ferragens, ração, um pouco de material de construção. "Como estamos longe da cidade, procuramos ter um pouco de cada coisa, para atender bem o pessoal daqui”, diz Lilian.

Ela começou com 15 anos, atendia clientes, fazia reposição de prateleira, trabalhava no caixa. Hoje, está na administração do mercado ao lado da irmã e do pai. “O meu pai quer parar, mas ainda precisamos muito dele”, reforça. Sobre dar prosseguimento a um negócio de família, ela afirma que sente uma responsabilidade grande: “A gente ouve muito que quando chega na terceira geração, a empresa quebra, então pra mim, é importante estar muito preparada quando meu pai largar”.

CLIQUE AQUI PARA TRAÇAR A ROTA ATÉ O LOCAL