Sabor Vale da Benção - Alimentos direto do produtor

Sabor Vale da Benção - Alimentos Direto do Produtor 

Visita à propriedade com a possibilidade de colher seus alimentos no sistema "Colha e pague" ou apenas adquirir produto já colhido.

Dias e Horários:
Segunda-feira das 8h às 18h 
Terça-feira das 8h às 18h
Quarta-feira das 8h às 18h
Quinta-feira das 8h às 18h
Sexta-feira Você encontra na Feira do agricultor Ponto de Safra
Sábado das 8h às 18h

Para outros dias e horários, é necessário agendamento.

Localização: Flor do Campo, 398 - Distrito de Vila Oliva

Fone: 3202 7891

Whats: 54 99906 8059

Gurias da Roça, Kits de frutas e verduras e opções de embalados e picados:  54 991135003 ou 54 991069907



Sabor Vale da Bênção: uma experiência em Vila Oliva

História de Cláudia de Vale e do marido César Luiz de Vale é inspiradora e comovente

Cláudia de Vale afirma que nada na vida dela é planejado. Tudo acontece por acaso, mas exatamente da forma como deveria ser. Talvez por isso a história do Sabor Vale da Bênção seja tão inspiradora. Ela e o marido trabalharam como funcionários em vários lugares aqui na Serra Gaúcha, vindos de Erechim, como intuito de aprender sobre cultivo e processamento de frutas e legumes. Sempre com um objetivo muito claro: ter o seu próprio negócio quando estivessem seguros para isso. “Eu trabalhava em um lugar que plantava beterraba e cenoura, depois ia para um de cultivo de maçã, ia mudando para aprender. Até que cheguei no processamento do morango”, conta.

Neste momento, em uma das investidas do destino, chegou a hora de realizar o sonho. Tudo nesse primeiro passo é incrível. Era o ano de 2003 quando eles chegaram no Banco do Brasil para se informar melhor sobre o financiamento do Banco da Terra. Entre os funcionários, ninguém sabia do que se tratava. Um perguntou para outro, foram se informar e, enfim, puderam falar com ela sobre essa linha do banco. Mas como eles sabia que existia? “Nós éramos tão pobres, mas tão pobres, que não tínhamos televisão. Então, à noite, depois do trabalho, ouvíamos a Voz do Brasil”. Foi no rádio, durante esse programa, que eles souberam que havia uma chance. “Era um financiamento para quem já trabalhava com terra, mas não tinha a sua propriedade”, completa.

O banco os classificou como possíveis recebedores da linha e, então, chegou a hora de procurar a terra. Os requisitos eram muitos e um deles quase colocou tudo a perder. “Precisava ter água e o lugar que encontramos não tinha quando houve a primeira fiscalização do banco”, diz. Para chegar a esse ponto, teve um capítulo anterior. Tratava-se de uma fazenda muito grande e Cláudia e César não tinha como comprar toda a área. Em conversas com conhecidos e vizinhos, eles conseguiram outros compradores, foi dividido e a parte dela estava dentro dos requisitos do banco. Mais uma etapa cumprida. Mas aí se esbarrou na água. “Eu tinha uma intuição que tinha água, sim, e chamei amigos do meu marido, César Luiz de Vale, que trabalhava numa terraplanagem, para irem até lá de trator. Eles andaram e, de repente, terra molhada e o trator quase atolou”, conta ela. Sim, abaixo daquele chão havia água. Dois açudes maravilhosos! Depois dessa notícia, saiu o financiamento e nasceu o Sabor Vale da Bênção.

 

Cláudia tinha 25 anos de idade quando se tornou proprietária de nove hectares junto com o esposo. O financiamento foi feito em 20 anos. Faltam apenas três. Hoje, ela e o marido vivem da agricultura familiar e o negócio vai bem. “Nosso carro-chefe é o morango, mas também temos maçã, ameixa, brócolis, repolho, alface, milho verde e temperos”, detalha. O morango é vendido in natura e ela faz também geleia para consumo próprio. Cesar faz o Ponto de Safra e eles fornecem ainda para a Cooperativa de Pequenos Agricultores Familiares. As filhas, já seguem o caminho e criaram o “Gurias da Roça”. Oferecem produtos de agricultores familiares de Caxias do Sul são diversos kits de frutas e verduras. Também tem opções de picados e embalados. É só fazer o pedido e consumir. A veia empreendedora está na família.

   

Quem quiser a experiência mais completa, pode colher na propriedade o fruto que vai levar. “Queremos mostrar para as pessoas o quanto é importante cultivar o próprio alimento, fazer o seu pão, sua geléia por isso nossa propriedade está aberta a quem quiser vir. Estar perto da natureza é uma bênção”. A família praticamente não usa agrotóxico e busca ter um lugar o mais natural possível. Quem evita o bichinho que dá no morango são as galinhas que vivem soltas. Toda essa experiência fica em Vila Oliva e está esperando por você. A história inspiradora de Cláudia é garantia de uma recepção carinhosa! Pegue e o carro e vá! Aquele vale é realmente uma bênção.

Aquira alimentos direto do produtor rural. Confira os cultivos e períodos de safra:

CULTIVOS  - PERÍODO DA SAFRA


Morango - setembro a maio 


Maçã  - dezembro a fevereiro 


Ameixa - janeiro a março 


Cove-folha - o ano todo


Temperos - o ano todo


Repolho - o ano todo


Brócolis - o ano todo


 

CLIQUE AQUI PARA TRAÇAR A ROTA ATÉ O LOCAL