Sítio Arqueológico Antônio Vergani, RS-37.

Sítio Arqueológico Antônio Vergani, RS-37.
Patrimônio Cultural do RS, pela lei Estadual n• 12.356 de 01/11/2004.
Situado em Água Azul, Santa Lúcia do Piai, Caxias do Sul, RS.
Está localizado em área particular, para acesso contatar e solicitar autorização aos proprietários ou responsável.

Para realização de passeio neste atrativo ou em todo o distrito, recomendamos acompanhamento da Guia Juliane Vergani descendente dos proprietários do sítio e natural de Santa Lúcia do Piaí que pode compartilhar conhecimento da região e curiosidades incríveis.



Contato: (54) 9913-77035

Sítio Arqueológico Antônio Vergani, RS-37

O Sítio Arqueológico Antônio Vergani foi considerado um Patrimônio Cultural do Rio Grande do Sul, pela lei Estadual n°12.356 de 01/11/2004. Caxias do Sul tem um dos sítios mais importantes (e o primeiro a ser intensamente pesquisado no Brasil, ainda no final da década de 1960) relacionado à ocupação pré-colonial do planalto, na localidade de Água Azul, Santa Lúcia do Piaí.

A população Ameríndias, de origem Jê, forma as tribos Kaingang e Xokleng, que habitaram as terras altas do Sul do Brasil e construíram assentamentos com as chamadas "casas subterrâneas". Essas, foram construídas desde 300.a.C até por volta dos anos 1700.d.C. Em função das guerras de conquistas de território, os ancentrais dos Kaingang e Xokleng pararam de construí-las.

Os índios que ali habitavam tinham uma grande quantidade de conhecimento em arquitetura, engenharia, matemática e geologia. Eram agricultores, além de caçarem e coletarem alimentos na floresta. Foram encontrados vestígios de produção e consumo de mandioca, milho, abóbora, feijão cará, peixes, pinhão e moluscos. Fabricavam instrumentos em pedras lascada, madeiras e utensílios domésticos em cerâmica.