Festa Nossa Senhora da Saúde da Paróquia de Fazenda Souza

Festa de Nossa Senhora da Saúde - Paróquia de Fazenda Souza



A Festa de Nossa Senhora da Saúde é uma das celebrações mais importantes no distrito por se tratar da padroeira da paróquia. Segundo a história popular de Nossa Senhora da Saúde, sua devoção iniciou em Portugal, no século XVI. Neste período, o país foi vítima de pestes contagiosas que mataram milhares de pessoas. Por isso, muitas pessoas do país recorreram a Nossa Senhora, através de procissões e orações, pedindo auxílio. Os coveiros trabalhavam muito para sepultarem o grande número de mortos. Em um cemitério próximo à cidade de Sacavém, quando alguns coveiros abriam covas, encontraram uma imagem de Nossa Senhora. O acontecimento foi visto como um sinal divino. Então, as pestes começaram a diminuir, bem como a mortalidade. Dessa forma, nasceu a devoção a Nossa Senhora da Saúde, que se dissipou para diversos lugares do mundo.

Em Fazenda Souza, a partir da fundação da paróquia, em 1960, escolheu Nossa Senhora da Saúde para ser sua padroeira. A partir desse momento as festas em honra a esta santa passaram a ser realizadas anualmente, no dia 21 de novembro. Porém, em todos os dias 21 de cada mês, é celebrada, na Igreja Matriz, uma missa em honra a sua padroeira.

A festa em honra a Nossa Senhora da Saúde conta com a celebração religiosa e, após esta celebração, acontece um almoço típico no salão paroquial da comunidade. Após o tradicional almoço – que possui normalmente como cardápio sopa de agnolini, pien, pão,saladas e churrasco - há um rifão com prêmios ofertados pela comunidade, inclusive caixas de frutas dos produtores locais. O almoço é preparado por um grupo de moradores que se dispõe a auxiliar na cozinha e servir as mesas do salão paroquial. Já o rifão e a venda de ingressos para o almoço ficam a cargo de casais da comunidade que recebem o título de “festeiros” e auxiliam na sua organização.

A Festa de Nossa Senhora da Saúde se destaca por sua relevância para a comunidade do distrito, sendo considerada a principal festividade religiosa do local. Desde o primeiro registro no Livro Tombo até os as festas recentes. Contando com a presença e colaboração dos paroquianos, dos festeiros escolhidos a cada edição e do pároco em atuação.

 

Fonte: ANDREOLLA, Caroline Lipreri. Inventário Participativo De Patrimônio Cultural Em Fazenda Souza/Rs, Trabalho apresentado ao Programa de Pós-Graduação em História – Mestrado Profissional, da Universidade de Caxias do Sul, como requisito para obtenção do grau de Mestre em História. 2019