05/05/2019

Lançamento do Roteiro Caminhos de Caravaggio.

A rota Caminhos de Caravaggio liga os santuários de Nossa Senhora de Caravaggio de Farroupilha ao de Canela.

O ato de lançamento foi na tarde de sábado (04/05), no Auditório do Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha. 

Um vídeo de apresentação do roteiro foi mostrado durante o evento e também foram apresentados os materiais gráficos da rota, como o guia oficial do peregrino, folder e passaporte. O guia traz diversas orientações de como fazer a caminhada, onde se hospedar, pontos de apoio e onde se alimentar, entre outras. Esse material estará disponível nos santuários, nas secretarias de Turismo e em outros pontos de fácil acesso para os peregrinos.

O projeto foi desenvolvido em conjunto com as equipes técnicas das secretarias de turismo das cinco cidades envolvidas no roteiro: Caxias do Sul, Farroupilha, Gramado, Canela e Nova Petrópolis, também com o apoio da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela do Estado do Rio Grande do Sul (ACASARGS) e Nomas Consultoria.

Roteiro Caminhos de Caravaggio

A rota Caminhos de Caravaggio liga os santuários de Nossa Senhora de Caravaggio de Farroupilha ao de Canela, passando por estradas nas zonas rural e urbana dos municípios de Farroupilha, Caxias do Sul, Nova Petrópolis, Gramado e Canela. 

O roteiro de âmbito regional conta com, aproximadamente, 200 quilômetros que aproximarão as regiões turísticas da Uva e do Vinho e das Hortênsias. O percurso pode ser feito a pé, de bicicleta ou por outros meios de deslocamento. Todos permitem a contemplação das paisagens naturais, das plantações, de construções antigas e de obras que valorizam as conquistas dos imigrantes. Além do contato visual com a natureza, o roteiro proporciona introspecção, elevação espiritual e superação de desafios. Os percursos diários sugeridos variam de 15 a 28 km até a chegada ao destino.

A Serra Gaúcha é um destino turístico consolidado no mercado, especialmente pelas belas paisagens, pelos atrativos culturais ligados às colonizações italiana e alemã e pela farta gastronomia. Para fortalecer ainda mais esse destino, nacional e internacionalmente, torna-se importante integrar as cidades turísticas da região, ofertando novos roteiros de qualidade e desenvolvendo novas oportunidades para as comunidades locais.

 

CONFIRA VÍDEO

 

 

 

Voltar
Compartilhar: