Sobre Caxias

Localizada na Encosta Superior do Nordeste do Rio Grande do Sul, Caxias do Sul tem área territorial de 1.652,308 km² e densidade demográfica de 264,89 habitantes por km². Está a 760 metros de altitude e tem temperatura média anual de 16º, mas que varia de -5º no rigor do inverno a mais de 35º no verão.

É a cidade mais populosa do interior gaúcho, com de 504.069 habitantes de acordo com a estimativa apresentada, agosto de 2018, pelo do IBGE. Entre os municípios com mais de 500 mil habitantes, com exceção das capitais, Caxias ocupa a 24ª posição no país. Em torno de 96% da população caxiense vive na área urbana. A expectativa de vida é de 76,58 anos  - e o coeficiente de mortalidade infantil é de 11,81 para cada mil nascimentos – dado de 2012.

Tem o segundo maior PIB do Rio Grande do Sul. As atividades de serviços e comércio representam 56,14% do valor adicionado bruto (VAB) gerado na economia local, seguidas pela indústria, com 42,83%. O agronegócio participa com 1,03%. Caxias do Sul tem a maior participação na composição do VAB industrial do estado, respondendo por 11,10% do total.

Interior - Riqueza econômica e cultural

Caracterizada pelo minifúndio, com regime de economia familiar, a área rural de Caxias do Sul é dividida em 134 comunidades, onde estão estabelecidas perto de 7 mil propriedades, das quais 80% com até 30 hectares e 5% com menos de um hectare. O interior do município é dividido em seis distritos e quatro regiões administrativas.

São duas áreas bem distintas. A região colonial, com forte ascendência de imigrantes italianos e germânicos, se caracteriza pela produção de frutas, com destaque para uva, maçã e morango. A cidade também é identificada como a maior produtora de hortigranjeiros do Estado, com diferentes hortaliças e verduras. Já a região de campo, com predominância da cultura luso-portuguesa, tem como principal atividade econômica a pecuária de corte.

O segmento turístico oferece centenas de opções de passeios, com destaque para a visitação de cantinas e propriedades rurais. A geografia é rica em cachoeiras, grutas e riachos. Casarios antigos, alguns abertos à visitação, são comuns nos diferentes pontos do interior, que tem perto de 200 quilômetros de trechos asfaltados. Todas as sedes distritais são ligadas ao perímetro urbano por estradas asfaltadas. Igrejas centenárias e capitéis (pequenas estruturas erguidas ao longo das estradas para homenagear santos) estão localizadas na quase totalidade das comunidades, que semanalmente promovem festas típicas para os padroeiros.