Se você já tem cadastro
Se você é novo por aqui
Você é
CLIENTE ANUNCIANTE
Incluir, mostrar e destacar a sua empresa, produtos e serviços. Inclui autorização para cadastrar eventos.
PROMOTOR DE EVENTOS
Cadastro para poder incluir eventos na agenda.
Deve ser no nome do promotor responsável pelo evento.
Seminário dos Cônegos Regulares Lateranenses

Seminário dos Cônegos Regulares Lateranenses

Telefone
Ver telefone

Seminário dos Cônegos Regulares Lateranenses - Santa Lúcia do Piaí  - Seminários, pousada, refeições e espaço para eventos e lazer.

Endereço: Estrada Municipal Água Azul - s/n,  Santa Lúcia do Piaí - Link de Localização

Telefone para agendamentos e informações: 54 3266.1052


Seminário dos Cônegos Regulares Lateranenses
Fone:
Ver número

Seminário dos Cônegos Regulares Lateranenses: um verdadeiro refúgio

Prédio em Santa Lúcia do Piaí recebe peregrinos e visitantes

Um verdadeiro refúgio. Um lugar em que predominam a simplicidade, a natureza, a paz e a espiritualidade. Um espaço perfeito para se conectar consigo mesmo e desacelerar. Assim é o Seminário dos Cônegos Regulares Lateranenses, que além de receber noviços para o noviciado e acolher peregrinos que estão a caminho de Caravaggio, também pode ser a sua casa por um fim de semana. Para reduzir a ociosidade do prédio encravado nas belas paisagens de Santa Lúcia do Piaí, alguns espaços estão sendo usados para eventos e hospedagem.

Segundo o Padre Adriano Luiz de Souza Palhano, Prior da Casa e Mestre dos Noviços, o seminário existe desde 1947. "Os primeiros párocos que chegaram aqui vieram da Itália, e a região de Santa Lúcia necessitava de padre para os trabalhos pastorais. Então eles vieram até aqui e se instalaram”, conta. Hoje, a principal função é ser um seminário de formação. Os jovens fazem um ano de experiência, chamada noviciado. Chegam já com a formação em Filosofia, ficam um ano, professam os primeiros votos e, então, seguem para a faculdade de Teologia, em Curitiba.

Este ano, há quatro jovens. O espaço que sobra já é usado para acolher peregrinos que estão a caminho de Caravaggio. “Acolhemos para uma tarde e uma noite de descanso e, no outro dia, eles retomam a caminhada. Fomos convidados a ser um ponto de acolhimento e abraçamos, porque o trecho entre Vila Oliva e Bom Pastor é muito longo e éramos o único lugar que poderia ser um apoio”, explica o padre, que está no seminário desde 2010.

A terceira finalidade, então, é receber visitantes, tanto para eventos, quanto para passar um fim de semana. No entanto, é importante ressaltar que trata-se de uma hospedagem simples, com quartos com mais de uma cama e sem banheiro exclusivo: “O objetivo é se conectar com a natureza. Temos trilhas no mato e oferecemos o contato com a calma do interior”. Seja para passar o domingo apenas, com um almoço, ou para dormir, é preciso agendamento. Como essa é a terceira finalidade do espaço, sempre que alguém vai chegar, é necessário se organizar.

O mesmo vale para os eventos. Dois salões estavam ociosos e, então, foi decidido oferecer o espaço para formaturas, aniversários, casamentos. Há a possibilidade de apenas locar o espaço ou também usar o serviço de buffet do seminário. Normalmente, o cardápio mais solicitado é o colonial, mas há a opção de uma gastronomia mais elaborada. Dessa forma, um patrimônio que oferece paz e contato com a natureza chega mais perto das pessoas. E todos sabemos que, na vida corrida de hoje, alguns momentos de introspecção e baixa velocidade podem ajudar muito.


Essas finalidades vêm complementar uma história que já começou há bastante tempo. Após a Segunda Guerra Mundial, o Papa Pio XII, percebendo a prevalência da igreja na sociedade, exortava ordens para enviar religiosos à América Latina. Acolhendo este pedido, no ano de 1947 teve início a missão dos Cônegos Regulares Lateranenses, desde a Itália até o Brasil. Tendo um sacerdote polonês na Itália, Dom Arcangelo Sysk, a província Italiana achou oportuno enviá-lo ao Brasil.

Dom Sysk, doutor em filosofia, teologia e pregador, partiu no dia 12 de janeiro de 1947, chegando ao Rio de Janeiro em 22 de março e tornando-se hóspede dos padres do Verbo Divino, que o receberam com muita atenção e carinho. O padre Sysk, viajando pelo Brasil em busca de uma possibilidade de trabalho pastoral, foi aconselhado ir à região Sul do país, onde existia uma grande população de origem italiana, alemã e polonesa. 

Nesse período, o arcebispo Monsenhor Alfredo Scherer ofereceu-lhe a paróquia de Santa Lúcia do Piaí, perto de Caxias do Sul. A tomada de posse foi no dia 27 de julho de 1947. Devido à alta quantidade de pessoas que necessitavam de assistência, entre cinco a seis mil, espalhadas num território de dois mil quilômetros quadrados, o provincial italiano, preocupado por este fato, enviou o padre Domingos Tonini à região. Chegando ao Brasil, Tonini manifestou ao padre Sysk o desejo de um outro irmão, o padre Roque Castellano, de vir morar em terras brasileiras. Em carta de 11 de outubro 1947, registrou a alegria dos padres ao receberam um outro irmão, o senhor João Becker.

Assim, foi formada a primeira comunidade cônega no Brasil, que permanece até hoje em Santa Lúcia do Piaí atendendo as paróquias de Santa Lúcia e de Santo Expedito em Vila Oliva. São muitas localidades atendidas com missas, casamentos, batismo e demais serviços religiosos. O seminário continua a receber noviços para formação e recentemente abriu a comunidade para hospedagem e eventos.

Como chegar