Se você já tem cadastro
Se você é novo por aqui
Você é
CLIENTE ANUNCIANTE
Incluir, mostrar e destacar a sua empresa, produtos e serviços. Inclui autorização para cadastrar eventos.
PROMOTOR DE EVENTOS
Cadastro para poder incluir eventos na agenda.
Deve ser no nome do promotor responsável pelo evento.

Barcarolo Café e Garden

Telefone (54) 9948 3292
Barcarolo Café e Garden - Gastronomia, lanches, Recanto Vila Cristina Gastronomia, lanches
Barcarolo Café e Garden
RS 452, Km 25, Nova Palmira, Distrito de Vila Cristina - Caxias do Sul - RS
Fone: (54) 9948 3292 Whats: (54) 9948 3292
Horário de Funcionamento
Terça à sexta: 7h às 18h Sábados 9h às 20h Domingos e Feriados: 10hs às 18h
Serviços Oferecidos
  • Cartão de crédito
  • Estacionamento
  • Internet
  • Pix

Barcarolo Café e Garden é a realização do sonho de Eliane

 

Em novembro de 2021, Elaine Barcarolo fez mais do que abrir as portas do Barcarolo Café e Garden em Nova Palmira, em Vila Cristina. Ela realizou um sonho. Há pelo menos duas décadas, acalentava a vontade de trabalhar com gastronomia. Muito, claro, influenciada pelo pai, Anildo Barcarolo, que teve restaurante por cerca de quatro décadas.

A primeira ação para ter o seu negócio foi alugar uma sala em Nova Petrópolis, mas não era por aí o caminho. Veio a pandemia e Elaine também perdeu o seu orientador. “Eu tive que desistir, mas tudo isso aconteceu para melhorar”, conta. Quando o pai faleceu, ela voltou a morar na chácara da família, em Nova Palmira, com a mãe, Irene Barcarolo. Saía de manhã, trabalhava na cidade e voltava à noite. E então percebeu qual era realmente o caminho: “Eu pensei, eu vou abrir o meu negócio aqui, vou realizar o meu sonho aqui na frente”.

E assim aconteceu. Com o apoio também do marido, Almiro Antonio da Silva, e da filha, Nicole Regina Henz, Elaine começou a planejar o negócio. O Recanto Nova Palmira fica em um contêiner e serve lanches diversos. Em uma pipa que fica ao lado, tem vinhos, pão, grôstoli, sucos. No contêiner, uma variedade de lanches, como sanduíche e pastel feitos na hora e tábua de frios, entre outras opções. “Eu pensei que não queria ficar só no normal, então às vezes eu faço alguns cardápios especiais aos finais de semana. Já fiz uma galinhada com show, com número restrito de pessoas, e quero oferecer opções diferentes”, projeta. Para o inverno, a ideia é ter bucho e sopa de agnoline.

As mudanças de rumo não podiam ter dado mais certo. E, ao final, quando olha para o que construiu, Elaine lembra do pai. “Essa propriedade é o lugar onde eu nasci e realizei meu sonho. Eu não gostava de morar aqui e meu pai, um dia, me disse: 'um dia tu vai voltar par ao lugar que tu nasceu e tu vai gostar’. Ele tinha razão”.

 
Como chegar