Boaz Cozinha e Bar

Boaz Cozinha e Bar

Telefone (54) 3538.7626
Ver telefone
Menu Autoral. Cozinha integrada.
Comida com Alma
Boaz Cozinha e Bar
Coronel Flores 810, Bairro São Pelegrino
Fone: (54) 3538.7626
Ver número
Coronel Flores 810, Bairro São Pelegrino
Horário de Funcionamento
Terça e quarta das 18:30 às 23:00 / quinta a sábado das 11h30 às 13h45 e 18h30 às 23h
Serviços Oferecidos
  • Cartão de crédito
  • Climatização verão
  • Espaço para recreação
  • Estacionamento
  • Internet
  • Serviço de tele-entrega
  • Adega
  • Climatização inverno
  • Pet Friendly
  • Pix

O Boaz restaurante iniciou suas atividades no fim de 2018 com o propósito de trazer novidades para Caxias do Sul!  O chef William Williges trás em sua bagagem uma passagem por diversos restaurantes do Sul, além de suas viagens,  idas e vindas a São Paulo, monta o restaurante pensando em fazer o diferente pela cidade. Resgatar os prazeres à mesa em degustar uma refeição em família ou amigos e de valorizar os ingredientes sazonais.

Ao meio dia, um almoço executivo cheio de sabor e afeto. A noite, pratos cheios de técnicas e contemporaneidades, com opções de entradas para compartilhar, entradas individuais, pratos e sobremesas. Uma carta de vinhos cheia de rótulos diferentes, dando destaque para os vinhos naturais, produzidos sem aditivos químicos e conservantes. Além, é claro, de uma carta de drinks autorais e clássicos.

Foi na cozinha da avó, Loide, em Guaporé, que William Williges descobriu a sua vocação para a gastronomia. Desde criança, cozinhava com ela, um prazer que mantém até hoje. “Minha avó fazia pão, biscoitos, geleias, usava ingredientes da horta e eu ficava junto quando ia visitá-la em Guaporé, na minha infância”, conta o proprietário do Boaz Restaurante, que tem como sócio também Paulo Cesar de Almeida.

Nesse caminho da cozinha da avó até o Boaz, William se afastou um pouco da culinária quando foi estudar Direito. No entanto, dois anos depois, entendeu que o que gostava mesmo era de cozinhar e retomou os estudos na área. “Eu nunca me afastei da cozinha. Mesmo quando cursava Direito, fazia jantares para os amigos. Mas chegou um momento que eu entendi que devia ter a gastronomia como profissão”, completa. Para conferir o tempero dessa história, é só chegar no Boaz!

 

 

 

 

Como chegar