7ª. edição do Dia da Toalha de Caxias do Sul

até
O Dia do Orgulho NERD, mais conhecido como o “Dia da Toalha,”– que é uma homenagem ao saudoso autor Douglas Adams, criador do “Guia do Mochileiro das Galáxias“, um dos livros de ficção científica mais importantes da literatura mundial

O Quê? 7ª. edição do Dia da Toalha de Caxias do Sul
Quando? 25/05/2020
Horário: 14h às 22h30min
Realização: Curadoria Independente de Mona Carvalho em parceria com os artistas Rafael Dambros e Wagner Carsten.
Investimento: Gratuito

Local: Instagram da @curadoriaindependente e participantes (confira a programação)


O Dia da Toalha é uma ação colaborativa de diversos amantes, amigos e profissionais da Cultura Nerd. Ela chega no seu sétimo ano, contando com uma programação cultural gratuita para toda a população através do envolvimento de diversos parceiros caxienses. 

Desta vez, levando em consideração o avanço da COVID-19 e os cuidados que devemos ter consigo e  com outro, a sétima edição acontecerá através de lives e programação virtual na página da @curadoriaindependente e convidados no Instagram.

Confira a programação:

14h às 21h30min - Desfile de Cosplay e Cospobres
Stories transmitido por @curadoriaindependente
* Interessados devem ler as regras de participação em  www.monacarvalho.wordpress.com e enviar seu material no dia 24 de maio. 

18h às 18h30min – Dicas de Livros do Mundo Nerd  com a Livraria do Arco da Velha
Live transmitida por @doarcodavelha

18h40min às 19h10min – O estúdio independente especializado em produção de história em quadrinhos com TESLA HQ. 
Live transmitida por @teslahq

19h20min às 20h10min  - Esculturas de Guilherme Adamatti e Action Figures de Gustavo Canevese
Live transmitida por  @adamattiart e @gutocanevese

21h20min às 21h40min - Quadrinhos de Terror com Rafael Algures
Live transmitida por @rafaelalgures

21h50min  – Encerramento da Votação do Desfile de Cosplay e Cospobres
Stories transmitido desde às 14h por @curadoriaindependente

22h às 22h30min – Divulgação dos ganhadores de 1º lugar de Cosplay e Cospobre!
Stories da @curadoriaindependente
Convidamos a todos também a participarem interagindo com a programação mostrando o seu momento “nerd” no dia 25 de maio, esta interação pode ser através de postagens de stories indicando livros, filmes, obras de arte, fotos com uma toalha ou que achar interessante.  Não esqueça de marcar a @curadoriaindependente para conseguirmos compartilhar e a hashtag #diadatoalhacaxias.
 

MAIORES INFORMAÇÕES
Action Figures de Gustavo Canevese
Gustavo Soares Canevese, 35 anos, formado em publicidade e propaganda e colecionador de action figure há 10 anos. Participou de 4 (não sei se foram 4 ou 5) encontros do dia da toalha. Tem parceria com a rede de cinema Cinépolis, em que expõem parte de  sua coleção junto as grandes estreias. Nesse ano de 2020, Gustavo e a amiga Lidiane Soares, fotografa, completaram um ano de instagram @thesoares.toys. Uma mídia inteiramente voltada ao lado nerd/cinéfilo/gamer que através de fotografias e vídeos captam a essência da cultura pop de forma criativa e bem humorada.

Esculturas de Guilherme Adamatti
Escultor há cinco anos, participando de mostras na Universidade de Caxias do
Sul, exposições coletivas em Ateliers, no Centro de Cultura Ordovás, participação em quatro edições do “Dia da Toalha”, participação na expo de Plastimodelismo no Shopping San
Pelegrino, e exposição “Adamatti Art” no centro de Cultura Ordovás em 2018. Meu trabalho consiste em reproduções de personagens relacionados a cultura pop em geral á produções originais, de diversas formas utilizando a escultura como forma de linguagem.

TESLA
Tesla Studio™ é um estúdio independente formado em 2014 em Caxias do Sul, RS, especializado na produção de histórias em quadrinhos para diversas mídias.
Já publicaram obras como Dies Irae, lançada digitalmente(2014) e depois remasterizada em álbum impresso (2016), Aka e as Lutas Bestiais (2015) e Os Novos Atlantes (2017).

Rafael Algures
Gustavo Soares Canevese, 35 anos, formado em publicidade e propaganda e colecionador de action figure há 10 anos. Participou de diversas edições  do Dia da Toalha. Tem parceria com a rede de cinema Cinépolis, em que expõem parte de  sua coleção junto as grandes estreias. Nesse ano de 2020, Gustavo e a amiga Lidiane Soares, fotografa, completaram um ano de instagram @thesoares.toys. Uma mídia inteiramente voltada ao lado nerd/cinéfilo/gamer que através de fotografias e vídeos captam a essência da cultura pop de forma criativa e bem humorada.

Porque uma toalha?
O Guia do Mochileiro das Galáxias faz algumas afirmações a respeito das toalhas. Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido ao seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kabrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Porém, o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc. Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está a sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito

Foto: Claudia Velho