Construa a sua Mandala

até

O Quê? Construa a sua Mandala


Significado de Mandala

Mandala significa círculo em palavra sânscrito, também possui outros significados, como círculo mágico ou concentração de energia. Universalmente  é o símbolo da integração e da harmonia.

As mandalas são usadas como instrumentos de concentração e meditação.

Carl Jung descreve as mandalas como quadros representativos ideais ou personificações ideais que se manifestam na psicoterapia, interpretando-as como símbolos da personalidade no processo da individualização.


Para construção da mandala contamos com o apoio da escola Ampliatto que compartilha o passo a passo para a construção.

Materiais necessários:

- Lápis ou lapiseira - Compasso - Borracha - Folha de papel - Régua - Caneta p/finalizar

Construindo Mandala

A criação da mandala  é mais intuitiva que técnica. Coloque uma música tranquila , faça respirações profundas, conecte-se com você e deixe fluir.
Boa experiência.

Crie um propósito

Pergunte-se: qual é a intenção em fazer a mandala? A ideia é expressar o seu inconsciente ou você precisa da concentração criada com o processo?


Mandala é uma figura geométrica e simétrica, onde todas as partes são iguais e um lado espelha o outro, partindo sempre do centro. Os espaços são divididos igualmente em números pares.

 

Primeiro passo

Encontrar o centro da folha com uma régua.

Segundo passo

Traçar uma cruz passando pelo centro.

Terceiro passo

Traçar um circulo para iniciar o centro da mandala com compasso, sempre a partir do ponto central.

Quarto passo

Dividir os espaços sempre utilizando o compasso e traçar uma linha passando sempre pelo centro.

 

Além da forma circular, não existem regras na criação de uma mandala, pois o seu desenho é o reflexo do nosso estado de espírito, personalidade e energia. É por essa razão que cada mandala desenhada é única e dotada de uma energia própria.

Quinto passo

Depois de feito o círculo, a ideia é deixar a imaginação fluir e desenhar a mão livre ou com o auxílio da régua e do compasso o “preenchimento” da mandala. Coloque as formas que desejar. Não pense muito na hora de confeccionar, simplesmente comece a desenhar, aleatoriamente, como uma criança quando desenha.

Não existe certo e errado na produção de uma mandala. A ideia é deixar vir à tona o que está no seu íntimo e na sua essência. É isso que ajudará você a se libertar do que está preso no seu inconsciente.

Muitas pessoas enfrentam dificuldades para desenhar, não sabem o que fazer, ficam indecisas em relação às cores que vão usar. Isso muitas vezes traz frustração, mas tenha em mente que é um processo natural.

Para liberar seus bloqueios e inseguranças, a ideia é tentar resgatar sua criança interior, encarando este momento como uma chance de simplesmente brincar e se divertir.

Como cada pessoa tem sua individualidade, as mandalas pessoais também são únicas.

Dicas de desenhos utilizado e etapas da construção:

   

Todo esboço é feito a lápis e depois finalizado com a caneta, apagando as linhas.

 

Colorir

Quando tiver desenhado sua mandala, é hora de a colorir, uma etapa tão importante quanto o desenho dela!! Você pode optar por colorir sua mandala com as cores que preferir.

   


Ao finalizar observe, sinta, reflita como foi a experiência? Como se sente com o resultado?

O importante é tentar criar e desenhar a sua mandala. Se preferir, existem desenhos já prontos que você pode colorir. Mesmo nesses casos, a escolha de determinadas formas deve ser observada, pois ainda assim estará relacionada com seu momento atual. Afinal, você busca pelo que realmente precisa neste momento, e geralmente as mandalas prontas nos “escolhem”, nos chamam.

CONHEÇA

AMPLIATTO ESPAÇO DE ARTE  Clique e acesse

LEVA O CONHECIMENTO, A EXPRESSÃO LIVRE E O APRENDIZADO DA ARTE, SEJA QUAL FOR SEU SEGMENTO A TODOS AQUELES QUE TEM INTERESSE.
UM ESPAÇO ONDE QUALQUER PESSOA PODERÁ SENTIR-SE
LIVRE PARA EXPERIMENTAR QUALQUER TÉCNICA DE ARTE.