MDBF - Mississippi Delta Blues Festival On Line

até
Vinha viver o Blues!

A 13ª edição do Mississippi Delta Blues Festival e primeira no formato on-line. O evento apresentará 24 shows elétricos e inúmeros shows "solo" acústicos intitulados "Crossroads Time", totalizando mais de 30 horas de música. Um dos eventos mais celebrados do calendário musical latino-americano, o MDBF reúne nesta edição shows de artistas de sete países, que podem ser conferidos gratuitamente no site do evento:

O Quê? MDBF - Mississippi Delta Blues Festival On Line
Quando?  Dias 20, 21 e 22 de novembro

Site do Evento:  www.mdbf.com.br


A 13ª edição do MDBF precisou ser adiada para 2021.

Mas 2020 não está perdido e ninguém vai ficar sem Blues!
Na lua cheia de novembro (20, 21 e 22/nov), acontecerá “O MAIOR FESTIVAL DE BLUES ONLINE” já produzido. Serão mais de 30h de shows internacionais, nacionais, performances, compactos de edições anteriores e muito mais. Não perca!
Ainda neste ano de 2020, nos dias 4, 5, e 6 de dezembro vamos transformar uma parte do Parque da Festa da Uva no MDBFair.
Seguindo os protocolos de segurança, teremos um festival de solos, duos e trios, com alguns músicos fazendo “busking” pelo evento, gastronomia, cervejarias artesanais, workshops, artes visuais e expositores. Todos linkados ao Blues e suas vertentes, é claro!
Os Festivais presenciais em Caxias do Sul, Rio de Janeiro e Gramado acontecerão em 2021, porém ainda aguardam novas datas. Aos Blues Fans que já adquiriram seus ingressos agradecemos pela compreensão, por manter o MDBF existindo e o mais breve possível passaremos mais informações em nossas redes sociais.

Be the Hope
Equipe MDBF

PROGRAMAÇÃO  

Mississippi Delta Blues Festival oferece workshops gratuitos

Realizados desde a primeira edição do Mississippi Delta Blues Festival, em 2008, os workshops gratuitos com músicos do line up se consolidaram como uma das principais atrações do evento. Nesta edição do MDBF, que ocorre on-line de 20 a 22 de novembro, estão programados 10 workshops em ambiente virtual no site oficial do festival, mesmo canal de transmissão dos shows. Confira abaixo os músicos escalados.

“Os workshops são uma forma de levar ao público em geral informação e conhecimento sobre várias áreas da música e do blues em si. As oficinas contemplam desde o admirador do estilo, mesmo que não toque ou cante, até o instrumentista mais experiente. É uma oportunidade única de saber mais sobre a cultura blues”, convida Ricardo Biga, da escola de música Teclas & Cordas, responsável anualmente pelos workshops.

Ele destaca que neste ano, pelo fato de serem on-line, as oficinas serão mais personalizadas. “O conteúdo será absorvido dentro do conforto da casa ou escritório de cada espectador, que poderá estar com seu instrumento em punho e focado na oficina. Diferente do festival presencial, que devido à quantidade de atrações, costuma deter menos a atenção de quem assiste”, comenta.

Biga lembra que a escolha dos músicos oficineiros atende à condição de que façam parte do cast do festival. “O objetivo é que se consiga abordar os temas mais diversos, cobrindo várias frentes do blues. Mesmo que duas oficinas falem do mesmo instrumento, elas terão diferentes abordagens”, adianta.                                                                                                                                                                                            

Programe-se

Workshops MDBF 2020

Quando: dia 22 de novembro, das 17h às 22h

Programação: cada workshop terá duração de 30 minutos

Cristiano Crochemore (violão e guitarra)

Gonzalo Araya (gaita)

Mari Kerber e Ale Ravanello (piano e gaita)

DecioCaetano (guitarra)

Dani Ela (baixo)

Fabrício Beck (violão)

Fher Costa (voz)

Alamo Leal (violão e guitarra)

Tharyn (voz)

Maurício Sahady (guitarra)

*os horários de cada workshop ainda não foram definidos

 

Quanto: os workshops são gratuitos e não é necessária inscrição prévia

Como: pelo site oficial do evento: www.mdbf.com.br

 

 

 

 


 

 


13ª EDIÇÃO DO MDBF COM NOVO LOCAL DO EVENTO  - EVENTO TRANSFERIDO PARA 2021

A mudança de local já vinha sendo analisada desde a última edição do MDBF e foi baseada em requisitos como acessos, transporte, estacionamento, possibilidade de remodelação do evento, entre outros. Além disso, o Parque de Eventos da Festa da Uva também representa o berço da colonização italiana na cidade, servindo como homenagem à cidade que acolheu o festival de blues há 12 anos.

Outros diferenciais da edição são: a redução de um terço dos participantes, na tentativa de realização ainda em 2020 - neste ano serão disponibilizados apenas 1200 ingressos por dia, mesmo com ampliação da área; criação de espaço para quem quiser acampar no local; e possibilidade de ampliação do horário do evento, para melhor ocupação das áreas verdes pelas famílias. O MDBF ainda contará com um dia extra, passando a incluir o domingo na programação.

Vale lembrar que a produção do festival está atenta aos desdobramentos provocados pela pandemia da COVID-19 e que segue acompanhando as determinações municipais e estaduais, acreditando que até a data prevista para realização a pandemia estará superada. A mudança de local também vai de encontro às necessidades requeridas para o atual momento: serão cerca de 16m² por pessoa, haverá ampliação do número de palcos, demarcação de lugares nas arquibancadas e a realização de um evento totalmente ao ar livre. Em caso da não realização do festival em novembro, os ingressos já adquiridos continuarão válidos para o evento, independentemente da data a ocorrer.

Os ingressos para a 13ª edição do Mississippi Delta Blues Festival seguem à venda, com preços promocionais. Interessados em adquirir seu passe para podem fazê-lo pelo 

Homenagem a Clarksdale

Em 2020, o MDBF promove a Clarksdale Edition, em homenagem à cidade considerada berço do Blues. ​​Clarksdale é uma localidade cercada por plantações de algodão, e está localizada no Delta do Mississippi. Conhecida como terra natal de muitos músicos do Blues, Clarksdale é famosa pelo cruzamento da Highway 61 com a Highway 49. Essa encruzilhada supostamente seria a “Crossroads”, conhecida pela lenda que envolve Robert Johnson — no local Johnson teria vendido sua alma em troca do dom para tocar violão.

​​Além dos mistérios que envolvem o famoso ponto, a Clarksdale Edition mostrará a cultura daquela cidade através da culinária típica e dos palcos temáticos, tradicionais no MDBF. Farão parte da cenografia elementos que remetem aos principais juke joints (bares sulistas onde se ouvia o Blues), como o Red’s Juke Joint, e outros locais históricos, como o Teatro New Roxy, a antiga General Store na Hopson Plantation, os barracos iguais ao nosso Front Porch do Shack Up Inn, e os bares mais recentes que já se tornaram tradicionais da cidade, como o Ground Zero e o Juke Joint Chapel. ​​A identidade visual do MDBF deste ano contará com o logo desenhado das guitarras que estão na “Crossroads”, marcando a intersecção das duas principais rodovias de Clarksdale.

 

Critérios para definição do espaço

O Mississippi Delta Blues Festival – evento anual, que chega a sua 13ª edição em 2020 – será realizado pela primeira vez em local diferente de suas edições anteriores, no Largo da Estação Férrea de Caxias do Sul. Após a divulgação da troca de espaço, várias áreas foram elencadas e disponibilizadas para abrigar o evento.

Entre os espaços, podem ser citados: o Parque da Festa da Uva, o estacionamento do Shopping Iguatemi, o complexo MAESA, o Chateau Lacave e o Jockey Club Multieventos. Após uma análise baseada em uma metodologia de pontuação de comparativo direto, a opção de desenvolvimento do projeto do evento se deu pelo Parque da Festa da Uva. 

 

DESTAQUES DA EDIÇÃO 2019

A arquitetura do Festiva este ano é mais intimista e inspirada em New Orleans

Praça de alimentação toda remodelada, com destaque culinária de New Orleans

MDBF contará com stand de turismo do estado do Mississippi

Blues Tour experiência gastronômica e musical

Blues Art Ville MDBF 2019 - Espaço dedicado às artes visuais.

 

 

 Como surgiu

O Festival começou em 2008, quando surgiu a ideia de promover uma confraternização entre amigos, clientes e artistas que passaram pelo Mississippi Delta Blues Bar durante o ano, e que já na sua primeira edição contou com uma atração internacional de altíssimo nível: a lenda Magic Slim. A ideia funcionou tão bem que em 2009 sentiu-se a necessidade de que fosse repetida, e assim foi ano após ano, e o MDBF alcançou o prestígio que tem hoje em dia.

 

Caxias do Sul recebe visitantes de todo o mundo que vem para a cidade por razões profissionais ou a passeio. A cultura italiana prevalece, porém, a rotatividade dessas pessoas é um fator que contribui para a inserção de novas culturas no cotidiano caxiense. A cultura do blues é um exemplo.

Presença cativa, desde 2008, na agenda cultural caxiense, o Mississippi Delta Blues Festival (MDBF) movimenta o Largo da Estação Férrea por três noites no mês de novembro. Já é considerado o maior festival totalmente direcionado ao Blues, do continente americano, fora dos Estados Unidos.

As apresentações de cantores locais, nacionais e internacionais ocorrem quase que simultaneamente em palcos temáticos. O festival conta também com diversas atrações paralelas, como é o caso dos workshops de musicalização. Durante os três dias do Festival o supreendente o grande público que vem diversas cidades, estados e países. Geralmente a noite de sábado reune o maior número de participantes, esgotando os ingressos. Com uma estrutura projetada para receber várias atrações, além da música o público conta com muitas outras atividades como lojas de decoração, arte e serviços diversos.