MDBF - Mississippi Delta Blues Festival

até
Vinha viver o Blues!

13ª MDBF CLARKSDALE EDITTION

Parque de Eventos Festa da Uva
Rua Ludovico Cavinato, 1431 - Bairro Nossa Senhora da Saúde. *Caxias do Sul - RS
(54) 3207.1166
Ver telefone
Acesse o site
O Mississippi Delta Blues Festival (MDBF) chega à sua 13ª edição em 2020 com novidades. Além da confirmação do evento presencial, previsto para ocorrer entre os dias 19 e 22 de novembro, o maior festival de blues da América Latina agora também terá uma nova casa – o Parque de Eventos da Festa da Uva. Com cerca de 35 mil m² de área, a remodelação do MDBF ocupará os espaços das Réplicas, Som e Luz e Espaço Multicultural do complexo.

O Quê? MDBF - Mississippi Delta Blues Festival
Quando? 19/11/2020, 20/11/2020, 21/11/2020 - O MDBF 2020 ainda contará com um dia extra, passando a incluir o domingo na programação.
Local: Parque de Eventos Festa da Uva 


A mudança de local já vinha sendo analisada desde a última edição do MDBF e foi baseada em requisitos como acessos, transporte, estacionamento, possibilidade de remodelação do evento, entre outros. Além disso, o Parque de Eventos da Festa da Uva também representa o berço da colonização italiana na cidade, servindo como homenagem à cidade que acolheu o festival de blues há 12 anos.

Outros diferenciais da edição são: a redução de um terço dos participantes, na tentativa de realização ainda em 2020 - neste ano serão disponibilizados apenas 1200 ingressos por dia, mesmo com ampliação da área; criação de espaço para quem quiser acampar no local; e possibilidade de ampliação do horário do evento, para melhor ocupação das áreas verdes pelas famílias. O MDBF 2020 ainda contará com um dia extra, passando a incluir o domingo na programação.

Vale lembrar que a produção do festival está atenta aos desdobramentos provocados pela pandemia da COVID-19 e que segue acompanhando as determinações municipais e estaduais, acreditando que até a data prevista para realização a pandemia estará superada. A mudança de local também vai de encontro às necessidades requeridas para o atual momento: serão cerca de 16m² por pessoa, haverá ampliação do número de palcos, demarcação de lugares nas arquibancadas e a realização de um evento totalmente ao ar livre. Em caso da não realização do festival em novembro, os ingressos já adquiridos continuarão válidos para o evento, independentemente da data a ocorrer.

Os ingressos para a 13ª edição do Mississippi Delta Blues Festival seguem à venda, com preços promocionais. Interessados em adquirir seu passe para podem fazê-lo pelo 

Homenagem a Clarksdale

Em 2020, o MDBF promove a Clarksdale Edition, em homenagem à cidade considerada berço do Blues. ​​Clarksdale é uma localidade cercada por plantações de algodão, e está localizada no Delta do Mississippi. Conhecida como terra natal de muitos músicos do Blues, Clarksdale é famosa pelo cruzamento da Highway 61 com a Highway 49. Essa encruzilhada supostamente seria a “Crossroads”, conhecida pela lenda que envolve Robert Johnson — no local Johnson teria vendido sua alma em troca do dom para tocar violão.

​​Além dos mistérios que envolvem o famoso ponto, a Clarksdale Edition mostrará a cultura daquela cidade através da culinária típica e dos palcos temáticos, tradicionais no MDBF. Farão parte da cenografia elementos que remetem aos principais juke joints (bares sulistas onde se ouvia o Blues), como o Red’s Juke Joint, e outros locais históricos, como o Teatro New Roxy, a antiga General Store na Hopson Plantation, os barracos iguais ao nosso Front Porch do Shack Up Inn, e os bares mais recentes que já se tornaram tradicionais da cidade, como o Ground Zero e o Juke Joint Chapel. ​​A identidade visual do MDBF deste ano contará com o logo desenhado das guitarras que estão na “Crossroads”, marcando a intersecção das duas principais rodovias de Clarksdale.

 

Critérios para definição do espaço

O Mississippi Delta Blues Festival – evento anual, que chega a sua 13ª edição em 2020 – será realizado pela primeira vez em local diferente de suas edições anteriores, no Largo da Estação Férrea de Caxias do Sul. Após a divulgação da troca de espaço, várias áreas foram elencadas e disponibilizadas para abrigar o evento.

Entre os espaços, podem ser citados: o Parque da Festa da Uva, o estacionamento do Shopping Iguatemi, o complexo MAESA, o Chateau Lacave e o Jockey Club Multieventos. Após uma análise baseada em uma metodologia de pontuação de comparativo direto, a opção de desenvolvimento do projeto do evento se deu pelo Parque da Festa da Uva. 

 

DESTAQUES DA EDIÇÃO 2019

A arquitetura do Festiva este ano é mais intimista e inspirada em New Orleans

Praça de alimentação toda remodelada, com destaque culinária de New Orleans

MDBF contará com stand de turismo do estado do Mississippi

Blues Tour experiência gastronômica e musical

Blues Art Ville MDBF 2019 - Espaço dedicado às artes visuais.

 

 

 Como surgiu

O Festival começou em 2008, quando surgiu a ideia de promover uma confraternização entre amigos, clientes e artistas que passaram pelo Mississippi Delta Blues Bar durante o ano, e que já na sua primeira edição contou com uma atração internacional de altíssimo nível: a lenda Magic Slim. A ideia funcionou tão bem que em 2009 sentiu-se a necessidade de que fosse repetida, e assim foi ano após ano, e o MDBF alcançou o prestígio que tem hoje em dia.

 

Caxias do Sul recebe visitantes de todo o mundo que vem para a cidade por razões profissionais ou a passeio. A cultura italiana prevalece, porém, a rotatividade dessas pessoas é um fator que contribui para a inserção de novas culturas no cotidiano caxiense. A cultura do blues é um exemplo.

Presença cativa, desde 2008, na agenda cultural caxiense, o Mississippi Delta Blues Festival (MDBF) movimenta o Largo da Estação Férrea por três noites no mês de novembro. Já é considerado o maior festival totalmente direcionado ao Blues, do continente americano, fora dos Estados Unidos.

As apresentações de cantores locais, nacionais e internacionais ocorrem quase que simultaneamente em palcos temáticos. O festival conta também com diversas atrações paralelas, como é o caso dos workshops de musicalização. Durante os três dias do Festival o supreendente o grande público que vem diversas cidades, estados e países. Geralmente a noite de sábado reune o maior número de participantes, esgotando os ingressos. Com uma estrutura projetada para receber várias atrações, além da música o público conta com muitas outras atividades como lojas de decoração, arte e serviços diversos.