Menu

17/03/2017

Museu dos Capuchinhos apresenta resultados do Projeto “Uma Assinatura para a Arte Anônima”

Aprovado pelo Financiarte, Fundo Municipal de Financiamento da Arte e da Cultura Caxiense, o Projeto "Uma Assinatura para a Arte Anônima" surgiu da necessidade de conhecer melhor o acervo de Arte Sacra do Museu dos Capuchinhos, não apenas para subsidiar o processo de catalogação museológica, mas também para que as obras possam ser expostas e divulgadas a partir da revelação de suas histórias, até então anônimas. A exposição, que traz algumas das obras pesquisadas e apresenta o catálogo virtual do projeto, inaugura dia 22 de março, às 18h30, e terá período de visitação até setembro.

Em 2016,  foi realizada a investigação sobre o principal acervo de Arte Sacra com enfoque nos altares, retábulos e imagens em madeira, com o objetivo de obter a descrição estilística, identificação de autoria e contextualização histórico-espacial dos locais de origem de cada peça.

A coleção que começou a ser formada na década de 1980, período anterior a institucionalização do MusCap quando os procedimentos de entrada de peça ainda não estavam devidamente sistematizados, possuía muitas lacunas no que tange a procedência, histórico, descrição estilística e descrição do estado de conservação. Até mesmo a composição dos conjuntos, como no caso dos altares, suscitava dúvidas à equipe de documentalistas.

Muitas peças foram retiradas da igreja de origem, fragmentadas e distribuídas em outras igrejas e capelas, passando muitas vezes por processos de repinturas e reformas para se adequarem ao novo espaço.

A exposição vai permitir que o público conheça ao vivo algumas obras até então não expostas. O MusCap também disponibilza o Catálogo online do projeto, no qual é possível ver as descobertas acerca de cada obra, as fotografias antigas, os desenhos e descrições dos pesquisadores. 

Saiba mais sobre o projeto.

 

Perfil do MUSCAP
 O Museu dos Capuchinhos, que possui cadastro regularizado nos Sistemas Nacional e Estadual de Museus, completou 15 anos no dia 09 de dezembro de 2015. Tem como missão: “Preservar os acervos e as memórias que contam a história da presença Capuchinha no Rio Grande do Sul e também as particularidades que tornam especial cada Frade Capuchinho”. Funciona numa edificação da década de 1950, com área total de 852 m². Abriga atualmente Sala de Exposições Temporárias; Biblioteca com Livros Especializados e Obras Raras; Laboratório de Restauro de Papel e Ateliê de Pintura; Arquivo Documental e Reservas Técnicas.
O acervo possui coleções divididas em:
- Acervo Museológicos: formado por arte sacra, alfaias e objetos cotidianos provenientes das igrejas, conventos e casas capuchinhas;
- Acervo Documental: formado por documentos textuais e fotografias das Fraternidades e Instituições ligadas aos Capuchinhos no Rio Grande do Sul e também por documentos pessoais de freis falecidos;
 - Acervo Bibliográfico: títulos especializados em Teologia, Filosofia, História da Igreja e da Ordem; Publicações de Frades Capuchinhos, história regional; obras raras do século XVI, XVII, XVIII e XIX.
O Muscap realiza exposições temporárias com recortes do acervo por temática. O processo de Documentação Museológica utiliza plataforma de última geração capaz de disponibilizar o acesso a pesquisadores de qualquer lugar do mundo através da internet.  O Laboratório de Conservação e Restauro está equipado para atender um museu de médio porte, sendo considerado o mais estruturado da Região. O Museu atua também com educação patrimonial oferecendo atividades que envolvem escolas e projetos sociais. 
A exposição pode ser visitada de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13h30min às 17h. Sábados, domingos e feriados, mediante agendamento.
MusCap fica na rua General Mallet, 33a, Bairro Rio Branco 
Telefone: (54) 3220-9577
 
              
Voltar
Compartilhar: