Agenda de eventos / Pode ir também

Filtrar por:
Guia de Caxias do Sul RECEBA NOVIDADES OU PROMOÇÕES

Agenda de Eventos

8º Caxias em Movimento - Atrações de Caxias do Sul, Rio de Janeiro, Salvador e Porto Alegre
30/10/2017

  • caxias em
  • caxias em
  • caxias em

Oitava edição conta com 30 apresentações

Data: 30/10/2017

 

As atividades foram elaboradas pela Unidade de Dança da Secretaria Municipal da Cultura (SMC) e tem como destaque a apresentação de trabalhos solos criados pelos bailarinos da Cia. Municipal de Dança, duas atrações do Rio de Janeiro, uma de Salvador e outra de Porto Alegre. Em paralelo, a Transitória Mostra de Performance, desenvolvida com recursos da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) Municipal, também traz a Caxias do Sul performers gaúchos e de outros estados brasileiros.

 

DIA 27 DE OUTUBRO
 

Reflexo Figurado

Local: Antigo Tablado Andaluz
Endereço: Sinimbú, 1510 – Centro
Horário: 19h30min
O que é realmente a identidade feminina? Como a identidade feminina
é moldada? A construção do feminino é totalmente dependente de fatores que fogem
à biologia.

DIA 28 DE OUTUBRO


Take a Picture With a Brazilian Woman for 0,71 Cents
Local: Camelódromo,
Horário: 10h
Esta performance foi criada durante a realização da Copa do Mundo no Brasil em Junho de 2014 e realizada no calçadão da Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Ela questiona os clichês do Brasil sob a ótica do estrangeiro. Trata-se de uma ironia entre ficção e realidade.


Local: Praça da Bandeira
Horário: 11h30min
O trabalho aborda a violência e põe o corpo em evidência para trazer à
tona as diversas formas de brutalidade do cotidiano, sejam elas físicas ou
psicológicas. Os corpos vão sendo envenenados até a total desumanização. Será que
já não somos nada mais além de um mero pedaço de carne incapaz de sentir, incapaz
de resistir, incapaz de se rebelar?

Choque + Essência Crew + Espaço Cultural Akácio Camargo
Local: Antiga Quadra de Areia – Bairro Planalto,
Horário: 15h
Espetáculo que estreou no fim de julho no Teatro Pedro Parenti,
“Choque” mostra o encontro de corpos em movimento, o embate violento de forças e
os conflitos do mundo contemporâneo. Trata-se da remontagem de um trabalho que
estreou há 15 anos e que antecipa a comemoração dos 20 anos da Cia. Municipal de
Dança, festejados em 2018. A apresentação terá participação do Grupo Essência
Crew, de hip hop, e alunas de balé clássico do projeto Espaço Cultural Akácio Camargo.

Mostra Transitória: Escrita de Contato
Local: Entrada do Teatro Pedro Parenti,
Horário:19h
 “Escrita de contato" é um desdobramento da palavra e do som.
Palavra-som. A escrita que acontece não captura necessariamente o espaço, deixa-se
escapar e ser interrompida por aquilo que acontece fora e dentro do corpo. A escrita
tampouco é apenas palavra, mas transfiguração, um som amplificado por pedais de
efeitos sonoros. Som-Palavra. Duas mulheres em contato entre si, em contato com
outras mulheres e com o que ecoa de cada uma delas. Amplificar a palavra, escrever o
som, simbiose que se lança ao espaço.
Local: Teatro Municipal Pedro Parenti,
Horário: 20h
Sobre Ancas, nasceu a partir de imagens corporais da intérprete sobre o universo
feminino, onde o que de mais profundo surge são as raízes, força e potência das
mulheres. Corpo vivo na sua história, na sua essência. Em cena, uma bailarina
perpassa as teias da história transitando pelas espirais dos tempos. O trabalho
Livremente inspirado em textos do livro ‘Mulheres que correm com Lobos’, de
Clarissa Estés Pinkola, juntamente com textos de Ana Guasque. A direção é de
Cláudia Palma

Resiliente
Local: Teatro Municipal Pedro Parenti,
Horário: 28 de outubro, 20h
A identificação de padrões revela a impossibilidade de o sujeito formar
uma identidade individual, constatando sua fragilidade no sistema de trocas sociais. A
performance é o resultado de uma busca pela vitória nas relações cotidianas do
intérprete a partir do exercício de estabelecer as diferenças na relação com o outro.
Um resgate de memória tendo o corpo como informador de suas vivências.

Yukata

Local: Teatro Pedro Parenti,
Horário: 20h
O legado, as memórias, a língua e a cultura japonesa herdada por laços
sanguíneos. A aceitação, a negação, os embates e o aprendizado dos laços com o
Oriente em processo de elaboração dialética. As negociações desses dois contextos
num jogo constante permeado pela dança. Um game coreográfico vestido de um pé lá
e outro cá. 

DIA 29 DE OUTUBRO


Mostra Transitória: Cia
Local: Teatro Moinho da Estação,
Horário: 16h30mi
 No processo de (des)construção da escrita, dialoga-se o pensamento
lexical como ferramenta de uma poética resultante do encontro de ‘universos’, que se
retroalimentam na palavra agora imagem. A escrevivência traz à tona outras leituras,
que se dão a partir do contato múltiplo, visto que os caligramas formados são fissuras
da colisão de individualidades. É o acaso metaforizando na escrita um
relacionamento em processo.

Mostra Transitória: O Sono de Cronos na Minha Barriga
Local: Teatro Moinho da Estação,
Horário: 17h
Uma performance que reflete sobre a poesia em seu papel dematriarca, apresentando-a como elo possível de ligação entre elementos que estão em confronto na formação da cultura brasileira. Propõe-se uma reversão dos lugares estanques do embate tradicional entre o erudito, impresso, o branco, estrangeiro e o corpo vivo, a deglutição, a dança, a origem. A performance apresenta a leitura como uma forma de mastigação, fruição, e dança.

Satisfação do Cliente
Local: Sala do Teatro Moinho da Estação,
Horário: 18h
Espero que tenha público. Espero que me surpreenda. Espero que
ninguém me explique. Espero que não me vejam. Espero conhecer o artista. Espero
que tenha dança. Espero que não seja chato. Eu espero que tenha algo para comer. Eu
espero que tenha brindes. Não tenho expectativa. Eu espero que tenha peitos. Eu
espero que seja rápido. Eu espero que tenha lugar para sentar...
Classificação indicativa: 18 anos (cenas de nudez)

We don´t have money, but we are funny
Local: Sala do Teatro Moinho da Estação,
Horário: 19h
 “We don’t have&money but we are funny” é um solo de dança contemporânea que fala da desconstrução de conceitos pré-estabelecidos. O foco deste trabalho não é mostrar nem apresentar a cultura brasileira, nem fazer uma apologia de como esta cultura deve ser vista. A intenção é usar a cultura brasileira para confrontar percepções presentes em qualquer cultura bem como chamar a atenção para os preconceitos, excedendo o clichê por meio dele próprio. A “fragilidade indefesa” de um povo que dança, iludido pelos burocratas...

DIA 31 DE OUTUBRO


Noite de Grupos locais
Local: Teatro Pedro Parenti,
Horário: 20h
Grupós participantes: Requebra Espaço de Danças (balé, jazz e dança contemporânea), Cappes – Clinica Psicanalítica (rumba flamenca), Núcleo de Dança – FSG (dança contemporânea), Espaço de Dança André Ribeiro (dança de salão) e Escola de Flamenco La Cueva (flamenco).

DIA 01 DE NOVEMBRO
Eu só tenho que eu não tenho certeza (de nada)
Local: Sala de Teatro Professor Valentim Lazzarotto,
Horário: 20h
Ser adulto? Estar adulto? Ouvi dizer que a vida adulta é “como ir para
a creche pela primeira vez. Você chora no início, mas logo se distrai, a diferença é
que ninguém volta para te buscar”.

Tutorial
Local: Sala de Teatro Valentim Lazzarotto,
Horário: 20h
Tudo é regido por leis? Quando entendemos essas leis temos o sucesso
consistente? Qual é a fórmula para o sucesso? Usando a dança como linguagem,
busca-se uma reflexão sobre a realidade dos tão famosos banco de dados sobre
movimentos possíveis em contextos de dança/não dança na sociedade.

DIA 02 DE NOVEMBRO


Mostra Transitória – Via Sacra
Local: Praça de São Pelegrino,
Horário: 16h
O título da obra coreográfica VIA SACRA. A primeira imagem que inspirou a criação foi o jornal O LAMPIÃO DA ESQUINA

DIA 03 DE NOVEMBRO


Mostra Transitória – De quando de cria suas próprias asas
Local: Praça da Bandeira,
Horário:15h
Breve release: A partir da ideia sobre leveza e peso, busco as relações possíveis que
possam existir entre ambas.

Mostra Transitória: Homem Sustentável
Local: Trajeto (Júlio de Castilhos, Praça da Bandeira, Largo da Estação),
Horário: 17h
A história recente da humanidade evidencia uma série de acidentes
ambientais graves, que demonstram o descompromisso do ser humano com a
preservação da natureza, com a qualidade de vida na terra e com os recursos naturais
para as gerações futuras.

Mostra Transitória & Caxias em Movimento Debate: Performance e Cidade
Local sala Teatro Moinho da Estação,
Horário: 18h

DIA 04 DE NOVEMBRO

Splish Splash
Local: Sala de Teatro Valentim Lazzarotto,
Horário: 16h
Breve release: Dança para cativar as crianças. Emoções, brincadeiras, cores, e corpos
que brincam e dançam. O universo infantil com a linguagem da dança. Uma
brincadeira coreográfica com formas, volumes e movimentos.

Mostra Transitória – Miss Take
Local: Praça Dante Alighieri,
Horãrio: 12h
Vivemos num constante assédio de imagens o corpo feminino. Ao mesmo tempo somos induzidos a ser a essa imagem. A ditadura da beleza é escorregadia, instável e insustentável em tempos de corpos dissidentes e diversos.

Mostra Transitória – Peso Masculino
Local: Praça Dante Alighieri
Horário: 16h
É uma ação de rua que faz parte da série performática “Jack Soul Revenge Girl”. Tem por objetivo questionar a alienação do trabalho das mulheres que recebem, pelo menos, 30% menos que um homem exercendo a mesma função.

Mostra Transitória: Me Veja Se Puder
Local: Galeria de Arte Gerd Bornheim,
Horário: 17h
Imóvel, vestida de vermelho e usando jóias, sentada em uma cadeira, olhando
fixamente para uma câmera ligada sobre um tripé, permaneço durante uma hora
expondo minha imagem para quem puder ver e julgar. Segundo o filósofo Alva Noe,
a obra de arte não diz, "Eu estou aqui, eu sou bonita, olha para mim.", ela diz algo
mais como, "Atreva-se a tentar me ver, tente me pôr em foco, me ver se você puder.".
Esta obra faz parte da série, "A imperatriz", onde exponho e questiono a construção
da identidade em relação com o poder e a aparência...

Mostra Transitória & Caxias em Movimento Debate: O peso da arte
Local: Galeria Gerd Bornheim
Horário: 18h30

Grupos de hip hop
Local: Teatro Pedro Parenti
Horário: 18h

Agora se mostra o que não está aqui
Local: Salão do Ordovás,
Horário: 20h
Um solo construído como um jogo de perguntas e respostas que levam a plateia a se
dividir em grupos conforme suas escolhas. O que eu escolho me marca, me mostra,
me revela, me une, me individualiza, me agrupa, me separa, me esconde.
Apresentado em mais de 50 eventos no Brasil, além da Espanha e Alemanha.

DIA 05 DE NOVEMBRO

Helena
Local: Sala de Teatro Valentim Lazarotto
Horário: 19h
Eles, eu. Ele corpo. Ele mente. Ela, eu. Eu sussurro no meu ouvido.
Você não é você. Você não é. Você sou eu. E quem sou eu? Uma investigação
coreográfica sobre corpo e gênero em atravessamentos corpóreos-conceituais.
Classificação indicativa: 18 anos (cenas de nudez)

Corpo que Dança
Local: Sala de Teatro Valentim Lazarotto
Horário: 19h
Proposta de mostrar movimentos voluntários e involuntários de partes específicas do corpo, sendo esses movimentos internos reverberando para o externo, ou do externo reverberando para o interno.
Classificação indicativa: 18 anos (cenas de nudez)

Manobra
Local: Sala de Teatro Valentim Lazzarotto,
Horário: 19h
...obra é para o intérprete uma situação desafio. Em seu improviso ele se encontra em
estado de atenção pressupondo suas ações como fuga de mecanismos usuais da dança
contemporânea?

Noite de Grupos locais
Local: Teatro Municipal Pedro Parenti
Horário: 19h
Grupos participantes: Núcleo Artístico Ballet Margô (balé, dança contemporânea),
Du Project (bellytribal), Grupo de Danças Folclóricas Scan (danças folclóricas),
Grupo de Dança Cigana Luceli Pasinato (dança cigana), Seneganbrasil - Núcleo de
dança africana do Teatro do Encontro (dança afro), Studio Yalla (dança cigana e do
ventre), Tribal Caranac (estilo tribal) Oito Tempos Dança de Salão (dança de salão).

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Oficina de Hostetidade Artística

Dias 03 e 04 de novembro, das 9h às 12h, Sala da Cia. Municipal de Dança

Jorge Alencar e Neto Machado

Com inscrições abertas até 01 de novembro, serão oferecidas 15 vagas gratuitas para

artistas ou estudantes das artes, seja dança, teatro, artes visuais, cinema ou áreas

afins. A proposta sugere um ambiente de criação que ativa as vontades artísticas de

cada participante. Um desejo de acessar, principalmente, nossas poesias domésticas e

íntimas.

Indique a um amigo:
Voltar
Compartilhar: